O prazo é cada vez mais curto e muitas dúvidas ainda existem. A portaria 444/2010 do INMETRO diz que a partir de novembro de 2012 todas as reformadoras de pneus do Brasil devem se adequar às exigências nesta portaria e em demais portarias complementares.

Seja qual for o processo de reforma de pneus (recapagem, recauchutagem ou remoldagem), o serviço de reforma de pneus é de grande responsabilidade e deve ser realizado somente com processos e profissionais qualificados para garantir a segurança do produto.

O que precisa ser adequado?

O processo de adequação à portaria 444/2010 exige a organização de sua empresa e o pleno conhecimento de seus produtos. Parece óbvio, mas a diferença está nos pequenos detalhes.

  • É necessário conhecer qual tipo de pneu pode ser reformado. Nem todo pneu pode ser retrabalhado, seja por questões de fragilidade, marcação ou idade.
  • Para garantir a confiabilidade e o controle da reforma, é fundamental estabelecer processos padronizados, documentados e com registros do que está sendo feito e daquilo que já foi executado.
  • É indispensável garantir que seus funcionários estejam treinados e qualificados, seja por treinamentos internos ou externos.
  • Seus instrumentos de medição estão calibrados? Até que ponto você confia nas leituras de pressão e temperatura de seus equipamentos? É bastante possível existir erros da ordem de dois dígitos percentuais, o que compromete seriamente a segurança do pneu reformado.

Problema ou oportunidade de melhoria?

Fica claro que as exigências aumentam o controle sobre seu processo produtivo, facilitando a visualização de pontos de melhoria em sua empresa.

Ao final da adequação de sua empresa todos os setores de seu processo de reforma estarão mapeados, permitindo a análise individual de produtividade por setor (desde que os controles implantados tenham registros de performance).

Ao invés de encarar a certificação como um problema de custo, é perfeitamente possível aproveitar a exigência de certificação de reformadores de pneus como um ponto de partida para aumentar sua produtividade e qualidade de seu serviço.

Isto sem contar a permissão de uso do selo do INMETRO, que já é um sinônimo de qualidade para o público consumidor.

Fale conosco e realize a adequação de sua empresa reformadora de pneus agora mesmo!